Tudo bem quando termina bem - William Shakespear

12:48


Shakespeare é um dos artistas mais famosos de todos os tempos, isso ninguém pode negar. Imortalizado por suas obras e sempre lembrado pelo clássico Romeu e Julieta, ele deixou uma série de peças que já foram reproduzidas e adaptadas. Mas quantas das publicações originais já tivemos o prazer de ler? 

Tudo bem quando termina bem é uma peça de cinco atos que conta a saga da jovem Helena em busca da reciprocidade do seu amor por Bertram, o filho da condessa que a criou desde menina. Contudo, para Bertram Helena nunca passou de uma mera dama de companhia da mãe e filha de um plebeu, por quem ele jamais teria qualquer apreço e muito menos se casaria.

O pai de Helena era um famoso médico da região e quando morreu deixou de herança para a filha fórmulas e receitas dos seus medicamentos mais milagrosos. Quando o rei ficou de cama, doente e sem perspectivas de cura, Helena foi até ele e prometeu curá-lo com um dos remédios de seu pai. Se assim fossei feito, como recompensa o rei daria qualquer coisa que ela desejasse. Helena pediu para se casar com Bertram. 

O conde, que também era soldado de guerra e, portanto, subordinado ao rei, se viu obrigado a cumprir as ordens de Sua Majestade e se casar com Helena contra sua vontade. E buscando a todo custo evitar a convivência com uma pessoa que ele não escolhera para tal, fugiu, deixando não só o rei aborrecido, como também sua mãe, a condessa, muito decepcionada.

Helena, que não era uma má pessoa, só uma moça apaixonada, e agora também magoada, também fugiu, na tentativa de deixar para trás a vergonha de ter sido abandonada. Ao procurar uma hospedaria conhece Diana, por quem Bertram já tinha manifestado interesse, e assim as duas traçam o plano para trazer o marido de Helena de volta ao seio familiar.

É um livro bem curtinho, com leitura para uma tarde, mas com espaço suficiente para contar as reviravoltas dessa história. A linguagem é bem arcaica, talvez isso dificulte um pouco a compreensão, mas dá para chegar até o final direitinho. Essa é a primeira obra original que leio do Shakespeare e vou aguardar ter um pouco mais de conhecimento para fazer meus comentários. Porém, um autor clássico como esse não pode ficar fora de nenhuma estante. 


Sobre o autor
William Shakespeare foi um poeta inglês e dramaturgo, amplamente considerado como o maior escritor do idioma inglês e dramaturgo preeminente do mundo. Suas obras sobreviventes consistem de 38 peças, 154 sonetos, dois poemas de narrativa longa, e várias outras poesias. Suas peças foram traduzidas em cada língua viva principal e são executados mais frequentemente do que as de qualquer outro dramaturgo


Título: Tudo bem quando termina bem
Autor: William Shakespeare
Editora: -
Ano: 2004
Páginas: 170
Avaliação do Skoob: 4.1
Avaliação do Blog: 3.0

Você pode gostar também

0 comentários

Onde Comprar

Facebook